Romeiros de Fátima inundam o Santuário

O SANTUÁRIO DE FÁTIMA EM SÃO BENEDITO, viveu um dia memorável. Extensão do Santuário de Nossa Senhora de Fátima, em Portugal, uma multidão de 50 mil romeiros cruzaram os átrios do majestoso e imponente templo dedicado a Mãe de Deus. 

Movidos pela Fé e alimentados pela Esperança, os romeiros deixaram suas casas em direção ao Santuário de Fátima em São Benedito neste dia 13 de maio. O que motiva um fiel deixar a sua casa ainda na véspera, e peregrinar até o Santuário?

As comemorações no dia 13 de maio contaram com oito missas na Igreja principal, confissões na Capela Padre Pio, Oração e Aconselhamento, procissão, oração contínua de rosários na Capela Mãe de Deus e bênçãos. A coordenação geral foi do Pe. Antonio Irineu, reitor do Santuário de Fátima em São Benedito. 

O episcopado Latinoamericano e Caribenho, no Documento de Aparecida, ns. 259-260, responde:  “a decisão de caminhar em direção ao santuário já é uma confissão de fé, o caminhar é um verdadeiro canto de esperança e a chegada é um encontro de amor. O olhar do peregrino se deposita sobre uma imagem que simboliza a ternura e a proximidade de Deus…  Aí, o peregrino vive a experiência de um mistério que o supera, não só da transcendência de Deus, mas também da Igreja, que transcende sua família e seu bairro. Nos santuários, muitos peregrinos tomam decisões que marcam suas vidas. Suas paredes contêm muitas histórias de conversão, de perdão e de dons recebidos, que milhões poderiam contar”.

“A treze de maio na cova da Iria no Céu aparece a Virgem Maria”…  Me sinto um privilegiado por vivenciar tamanha manifestação de piedade, carinho e generosidade dos romeiros. Esse canto, essa melodia, me invadem a alma. Não há como conter tanta emoção! Como também não dá para contar em palavras, as maravilhosas manifestações dos  romeiros movidos por tanto amor, fé e esperança”.

Assim se expressou Pe Antonio Irineu, reitor do Santuário de Fatima da Serra Grande. O destaque dessa romaria foi a grande participação e piedade dos romeiros, cada vez mais surpreendentes. Em especial, as centenas de grupos que vieram a pé ou de bicicleta. Houve um aumento significativo das peregrinações a pé.

Logo cedo, e os peregrinos começaram a chegar 04h20min da manhã à primeira romaria chegava ao santuário, oriunda de José de Freitas-PI com grande entusiasmo de participar de uma das romarias mais fervorosas do ano. 

Outro destaque nesta romaria foi a participação de três bispos, Dom Fernando Panico (emérito do Crato), Dom Francisco Javier (emérito de Tianguá) e Dom Francisco Edimilson nosso bispo diocesano de Tianguá.

O Bispo emérito do Crato, Dom Fernando Panico – visivelmente emocionado, presidiu a missa principal, as 08h00. Dom Fernando destacou a mística  que envolve as aparições de Fátima: “Nossa devoção a Nossa Senhora nos leva uma fé itinerante”. Dom Francisco Edimilson celebrou no icônico horário do meio dia e com Dom Francisco Javier celebrou na Hora da Misericórdia.

Muito importante também foi a presença dos padres, nas missas e nas confissões: Pe. Marcelo Sales (Shalom – Diaconia), Pe. Paulo Henrique (Shalom – Sobral), Pe. Antonio Justino (São Benedito), Pe. Felipe Ribeiro (São Benedito), Pe. Carlos Henrique (Tianguá), Pe. Fellinto Brito (Araticum-Ubajara), Pe. Lisardo (Campo Maior-Pi) e Pe. Antonio Irineu (reitor do santuário). Além dos padres um exército de missionários, mais de 200 trabalharam na acolhida e evangelização dos romeiros.

“O Céu em festa e o inferno abalado, o dragão tombou aniquilado por um SIM que ecoa pela terra: ‘Quereis oferecer-vos a Deus’? ‘Sim’! Responderam os pastorinhos e os milhares de romeiros que saúdam a Virgem do Rosário de Fátima neste dia 13 de maio”. Não dá para esquecer um dia como este, e nem se pode esquecer tanto amor, tanto carinho e tanta piedade. Glorificado seja Deus e a Virgem do Rosário de Fátima. 

Um dia muito especial…  Veja algumas imagens deste dia…

 

Romaria dia 13 de Maio de 2018

Newsletter

Cadastre-se para receber as notícias do Santuário!