Notícias › 14/09/2017

“A cruz é um mistério de amor”, destaca Papa

Depois de dois meses e meio de pausa, o Papa Francisco retomou na manhã desta quinta-feira, 14, Festa da Exaltação da Santa Cruz, a celebração da Missa na Capela da Casa Santa Marta, no Vaticano. O centro da reflexão do Santo Padre foi o mistério de amor constituído pela cruz. “Somente com a contemplação se vai avante neste mistério de amor”, afirmou.

Francisco observou que Jesus, quando quer explicá-lo a Nicodemos, como recorda o Evangelho do dia, usa dois verbos: subir e descer. “Jesus desceu do Céu para levar todos nós a subir ao Céu. Este é o mistério da cruz”, explicou o Papa.

Na Primeira Leitura, São Paulo diz que Jesus humilhou a si mesmo, fazendo-se obediente até a morte na cruz. “Esta é a descida de Jesus: até embaixo, à humilhação, esvaziou a si mesmo por amor. E por isso, Deus o exaltou e o fez subir. Somente se nós conseguirmos entender esta descida até o fim, podemos entender a salvação que nos oferece este mistério do amor”, destacou Francisco.

“Um Cristo sem cruz que não é o Senhor: é um mestre, nada mais que isso. É aquele que, sem saber, talvez Nicodemos buscava. É uma das tentações. Sim, Jesus que bom o mestre, mas sem cruz, Jesus. Quem os encantou com esta imagem? A raiva de Paulo. Jesus Cristo apresentado, mas não crucificado. Outra tentação é a cruz sem Cristo, a angústia de permanecer lá embaixo, com o peso do pecado, sem esperança. É uma espécie de ‘masoquismo’ espiritual. Somente a cruz, mas sem esperança, sem Cristo. Mas a cruz é um mistério de amor, a cruz é fiel, a cruz é nobre”, completou.

Por fim, o Santo Padre convidou todos a refletir sobre o mistério da cruz. “Hoje podemos tirar alguns minutos e cada um fazer uma pergunta: para mim, o Cristo crucificado é mistério de amor? Eu sigo Jesus sem cruz, um mestre espiritual que nos enche de consolação, de bons conselhos? Sigo a cruz sem Jesus sempre me lamentando, com este ‘masoquismo’ do espírito? Deixo-me levar por este mistério do abaixamento, esvaziamento total e exaltação do Senhor?”.

Fonte: Amex, com Rádio Vaticano

Newsletter

Cadastre-se para receber as notícias do Santuário!