Artigos › 30/10/2020

A oração é o elo entre o nosso coração e Deus

1285-Easy-Resize-com-1

Primeiro, é bom nos lembrarmos de que toda oração, quando a fazemos com o coração e com a mente abertos à vontade de Deus, torna-se eficaz porque Deus sempre ouve a nossa voz.

A oração eficaz não resulta de seguirmos fórmulas ou certos princípios. Pelo contrário, a oração eficaz baseia-se na Palavra de Deus . Ela é simples, sincera, cheia de fé e não tem nada a ver com regras e formas. Mas ela precisa vir de um coração sincero e dependente, porque ela é o elo entre Deus e nós, além disso, precisa ser feita em nome de Jesus.

Nossas orações devem ser feitas em harmonia e de acordo com a vontade do Senhor. Devem ser feitas com o coração aberto e não com respostas prontas ou com pedidos fechados. Devemos sempre estarmos abertos à vontade de Deus para que Ele nos ouça e nos atenda.

É preciso estar sempre pronto para escutar a Deus

Tenho vivido muitas experiências com relação a Deus. Com isso, percebo que, para uma oração eficaz, precisamos ser perseverantes. Vejamos o exemplo de Moisés: somente quando ele perseverava, em oração e com suas mãos erguidas a Deus, foi que os israelitas venceram a batalha.

A oração eficaz é aquela em que levantamos as mãos, como o livro do Êxodos nos mostra: eles levantaram as mãos e venceram. O povo já sentia-se derrotado pela força de Amaleque, o próprio demônio, porém, a oração eficaz de Moisés, sustentada pelas mãos de Arão e Ur, deu àquele povo a vitória.

Então, a oração eficaz não é aquela que fazemos sozinhos, e sim a que fazemos apoiados nos irmãos e sustentados por eles. Sobre a oração, na Bíblia, lemos muitas outras situações de perseverança. Temos de nos manter vigilantes à oração e estarmos sempre prontos para escutar a Deus, isso é uma oração.

A vontade de Deus na nossa vida

“Meu Deus, curai e libertai a todos aqueles que tomam a decisão de manterem suas mãos levantadas e de orar sem cessar. Curai aqueles que tomam a firme decisão de não querer o seu próprio interesse e nem o que os outros querem, e sim o querer de Deus. Eu levanto minhas mãos, Senhor, sobre a vida de cada um desses filhos, sustentadas pela Sua Palavra que diz: ‘Orai sem cessar’ e, em todas circunstâncias, apresentai a Deus as vossas preocupações.”

Uma oração eficaz é aquela que temos um pé nas nuvens e o outro no chão, ou seja, é aquela que caminhamos determinadamente, mesmo sem sentir ou ver o resultado. Mesmo sendo olhado como alguém derrotado, perdido na visão humana, mas jamais alguém que desiste. Pois, sabe que a vitória de Deus é certa!

A oração eficaz é sua “escravidão” absoluta ao Espírito Santo. Todos os dias, ao acordar, devemos dizer: “Bom dia, Espírito Santo, o que vamos fazer juntos hoje?”. A cada passo da nossa vida, perguntemos ao Espírito Santo qual palavra, atitude ou decisão tomaremos juntos. À noite, antes de dormir, devemos nos ajoelhar e pedir perdão ao Espírito Santo por tudo o que fazemos sem consultá-Lo, sem pedir um novo Pentecostes. E que, quando o dia raiar, em todas as situações, possamos caminhar com Ele.

Por Ironi Spuldaro, via Canção Nova

Newsletter

Cadastre-se para receber as notícias do Santuário!