A Virgem Maria, Rainha da Paz

banner-divulgação-13-de-agosto

São Benedito, 10 de agosto de 2016 (SISF). O Santuário Nossa Senhora de Fátima, celebra neste sábado, a romaria do 13 de agosto, e convida você e a toda a sua família a virem juntar-se a nós em oração nessa bela romaria. Veja a programação das missas:

- 06h30: Missa com o Padre Antonio Martins Irineu
- 08h00: Missa com o Padre Arnalton Dias Vasconcelos
- 10h00: Missa com o Padre Carlos Henrique Soares
- 12h00: Missa com o Padre Fellinto Oliveira Brito
- 15hoo: Missa com o Padre José de Anchieta Aguiar
- 17h00: Missa com o Padre Luis Gonzaga Furtado
- 19h00: Missa com o Padre Antonio Martins Irineu

 Confissões ao longo do dia na Capela da Misericórdia. Faça sua confissão e peregrine à Porta da Misericórdia aqui no Santuário e receba as indulgências plenárias, participando da missa, comungando e rezando pelas intenções do Santo Padre.

.: Acompanhe em tempo real pela Web Tv Maria Mãe de Deus.

.: Acenda uma vela em nossa Capela Virtual e rezaremos por você. 

.: Faça parte desta missão, cadastre-se na Campanha Romeiros de Fátima.

Neste dia 13 será celebrada a Missa Votiva da “ Virgem Maria, Rainha da Paz”. Esta liturgia destaca Maria como a Mãe de Jesus, Princípe da Paz. Veja a liturgia completa da missa na seqüência.

Liturgia da missa votiva:  A VIRGEM MARIA, RAINHA DA PAZ

No decurso dos tempos, consolidou-se cada vez mais a veneração da Santíssima Virgem como Rainha da paz por causa da sua íntima e estreita relação com seu filho, Príncipe da paz (cf.ant entr: Is 9,6; leit I : Is 9,1-6): esta comemoração da santíssima virgem como Rainha da paz encontra-se em alguns calendários de igrejas particulares e de institutos religiosos. É digno de memória o fato do Papa Bento XV, 1917, em plena Grande Guerra, ter mandato inserir nas Ladainhas Lauretanas a invocação Rainha da Paz.

Nesta missa comemora-se a cooperação da Virgem Maria na reconciliação ou na paz entre Deus e os homens, realizada por Cristo.

No Mistério da Encarnação, por que a humilde Serva do senhor, recebendo o anúncio do Anjo Gabriel, concebeu em seu seio virginal o Príncipe da paz (Pf cf. Ev Lc 1,26-38), que nos trouxe a paz, e reconciliando consigo o céu e a terra (ant com);

No Mistério da Paixão, por que ela é a mãe fiel, que esteve de pé, junto à cruz, onde seu filho, para consumar a nossa salvação, pelo seu sangue deu a paz a todo o universo (Pf).

No Mistério de pentecostes, por que a Santíssima Virgem é rainha da paz, que, em oração com os apóstolos, esperou … o Espírito da unidade e da paz, da caridade e da alegria (Pf). Ao celebrar a memoria da Virgem Maria, Rainha da Paz, a assembleia dos fiéis pede a Deus, pela sua intercessão, que conceda a Paz à igreja e à família humana:

– O espirito de caridade: concedei … vivermos em caridade fraterna (Co); concedei-nos o espírito de caridade (Pc);

Os dons da unidade e da paz: Vos pedimos que Vos digneis conceder à vossa família os dons da unidade e da paz (So); constituirmos uma só família na paz (Co); se confirme entre nós a paz que [Cristo] nos deixou (Pc);

– a tranquilidade ao nosso tempo: concedei aos nossos tempos a desejada tranquilidade (Co).

 

ANTÍFONA DE ENTRADA

Um Menino nasceu para nós, Um Filho nos foi dado; E será chamado Príncipe da paz.

 

ORAÇÃO COLETA

Senhor, nosso Deus, Que, pelo vosso Filho Unigénito, Quisestes dar aos homens a abundância da vossa paz, Pela intercessão da Virgem Santa Maria, concedei aos nossos tempos a desejada tranquilidade, para constituirmos uma só família na paz e vivermos em caridade fraterna. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, Que é Deus convosco, na unidade do Espírito Santo.  

 

ORAÇÃO SOBRE AS OFERENDAS

Ao venerarmos a memória da virgem Santa Maria , Rainha da paz, nós Vos oferecemos, Senhor, este sacrifício de reconciliação e Vos pedimos que Vos digneis conceder à vossa família o dom da unidade e da paz. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, Que é Deus convosco, na unidade do Espírito Santo.  

 

PREFÁCIO A Mãe de Cristo, Discípula e rainha da paz

– O Senhor esteja convosco Ele está no meio de nós.

– Corações ao alto O nosso coração está em Deus.

– Demos graças ao Senhor, nosso Deus.   É nosso dever, é nossa salvação

Senhor, Pai santo, Deus eterno e onipotente, É verdadeiramente nosso dever, é nossa salvação Dar-Vos graças, sempre e em toda parte, E cantar os vossos louvores, Ao celebrarmos a memória da Virgem Santa Maria.

Ela é a vossa humilde serva, Que, recebendo o anúncio do Arcanjo Gabriel, Concebeu em seu seio virginal o príncipe da paz, Jesus Cristo, vosso Filho, nosso Senhor.

Ela é a mãe forte e fiel, Que esteve de pé, junto a cruz, Onde o seu Filho, para consumar a nossa salvação, Pelo seu Sangue deu a paz a todo o universo.

Ela é a discípula de Cristo e rainha da paz, Que, em oração com os Apóstolos, esperou a promessa do pai, o Espírito da unidade e da alegria, da paz e do amor.

Por isso, com os Anjos e os Santos, Proclamamos a vossa glória, cantando numa só voz.

 

ANTÍFONA DA COMUNHÃO

A Virgem concebeu Cristo, Deus e homem verdadeiro. Deus trouxe-nos a paz, reconciliando consigo o céu e a terra.

 

ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO

Senhor, que nos alimentastes Com o corpo e Sangue do vosso Filho Unigênito, Ao celebrarmos a memória da Virgem Santíssima Santa Maria, Rainha da paz, concedei-nos o espírito de caridade, para que se conforme entre nós a paz que Ele próprio nos deixou. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco, na unidade do espírito Santo.  

 

LITURGIA DA PALAVRA

PRIMEIRA LEITURA     Is 9, 1-3.5-6

O seu poder será engrandecido numa paz sem fim

Leitura do Livro do Profeta Isaías

O povo que andava nas trevas viu uma grande luz; para aqueles que habitavam na sombra da morte uma luz começou a brilhar.  Multiplicastes a sua alegria, aumentastes o seu contentamento. Rejubilam na vossa presença, como os que se alegram no tempo da colheita, como exultam os que repartem despojos. Vós quebrastes, como no dia de Madiã, o jugo que pesava sobre o povo, o madeiro que ele tinha sobre os ombros e o bastão do opressor. Porque um menino nasceu para nós um filho nos foi dado. Tem o poder sobre os ombros e será chamado < Conselheiro admirável, Deus forte, Pai eterno, Príncipe da Paz >. O seu poder será engrandecido numa paz sem fim, sobre o trono de Davi e sobre o seu reino, para o estabelecer e consolidar por meio do direito e da justiça, agora e para sempre. Assim o fará o Senhor do Universo. Palavra do Senhor.

SALMO RESPONSORIAL:   Sl 84 (85), 9ab-10.11-12.13-14

Refrão: O Senhor anuncia a paz ao seu povo                                                 

Escutemos o que diz o Senhor: Deus fala de paz ao seu povo e aos seus fiéis. A sua salvação está perto dos que O temem e a sua glória habitará na nossa terra.

Encontram-se a misericórdia e a fidelidade, Abraçaram-se a paz e a justiça. A fidelidade vai germinar da terra e a justiça descerá do Céu.

O Senhor dará ainda o que é bom e a nossa terra produzirá os seus frutos. A justiça caminhará à sua frente e a paz seguirá os seus passos.

ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO   cf. Lc 1, 28

Aleluia, Aleluia, aleluia.

Ave, Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco;

bendita sois Vós entre as mulheres.

Aleluia, Aleluia, aleluia.

EVANGELHO; Lc 1, 26-38 Reinará eternamente sobre a casa de Jacó

Proclamação do Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas

Naquele tempo, o anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galileia chamada Nazaré, a uma Virgem desposada com um homem chamado José, que era descendente de Davi. O nome da Virgem era Maria. Tendo entrado onde ela estava, disse o Anjo: << Ave cheia de graça, o Senhor está contigo>>. Ela ficou perturbada com estas palavras e pensava que saudação seria aquela. Disse-lhe o Anjo: < Não temas, Maria, porque encontraste graça diante de Deus. Conceberás e darás à luz um filho, a quem porás o nome de Jesus. Ele será grande e chamar-Se-á Filho do Altíssimo. O Senhor Deus Lhe dará o trono de seu pai Davi; reinará eternamente sobre a casa de Jacó e o seu reinado não terá fim>. Maria disse ao Anjo: < Como será isto, se eu não conheço homem?>. O Anjo respondeu-lhe: < O Espírito Santo virá sobre ti e a força do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra. Por isso o Santo que vai nascer será chamado Filho de Deus. E a tua parenta Isabel concebeu também um filho na sua velhice e este é o sexto mês daquela a quem chamavam estéril; porque a Deus nada é impossível>. Maria disse então? < Eis aqui a serva do Senhor; faça-se em mim segundo a tua palavra>.

Palavra da Salvação.

Newsletter

Cadastre-se para receber as notícias do Santuário!