Notícias › 22/05/2014

É necessário criar uma “consciência ecológica”, destaca bispo

dom_zygmunt_zimowskiO Pontifício Conselho para a Pastoral da Saúde, defendeu , nesta quarta-feira, 21, uma “consciência ecológica”, durante Encontro Internacional sobre Saúde , que ocorre em Genebra, na Suíça, promovido pela ONU.

O presidente do Pontifício Conselho, Dom Zygmunt Zimowski, recordou que as alterações climáticas influenciam na qualidade do ar, da água, da alimentação e habitação, trazendo consequências diretas à saúde das pessoas.

O bispo destacou ser necessário, portanto, criar condições para o desenvolvimento de uma “crescente consciência ecológica” na sociedade, pois a questão ambiental tem profundas implicações no bem-estar das pessoas.

Dom Zygmunt transmitiu as preocupações do Papa Francisco em relação à “exploração desenfreada dos recursos” e à urgência de criar projetos que tenham mais em conta a preservação do meio ambiente e do planeta. De acordo com o bispo, isso implica em mudanças importantes nas decisões e ações econômicas, sociais, tecnológicas e políticas.

O encontro Mundial sobre a Saúde, que começou na última segunda-feira, 19, foi também marcado pelo tema da nutrição materna e infantil. O arcebispo parabenizou a ONU por ter incluído o tema no objetivo global estratégico da Instituição.

“A amamentação materna é uma proteção importante contra a subnutrição infantil e por isso deve ser defendida e acalentada no contexto da assistência primária de saúde. Deve ser uma prática garantida na legislação do trabalho e aceite também no espaço público”, conclui o bispo em seu discurso.

Por Canção Nova, com Ecclesia

Newsletter

Cadastre-se para receber as notícias do Santuário!